De Olho no Tour – Tudo ou nada

Agora é tudo ou nada. A janela para a última etapa do CT 2015 abre na terça-feira, dia 8, e seis atletas, sendo três brasileiros e três australianos, vão lutar pelo título mundial da temporada.

2 Responses

  1. Zezito Barbosa 30 de novembro de 2015 / 22:58

    Showwww!!!! Parabenssssss!!!

    Bom Comentario sobre o final do Tour… Aloha

  2. Cristiano 1 de dezembro de 2015 / 12:56

    Pipeline é o lugar mais dificil do mundo, pq não é perfeito. Mesmo pessoas como o Marcelo Andrade, a quem respeito muito, esquecem de dizer q o Medina é genio. O Medina chegou ali com 17 anos, não deixaram ele pegar nenhuma onda p treinar antes do campeonato, o PipeMaster quebrou no 2o Reef com 12 a 15 pés e o Medina fez um 5o. Ano passado, perdeu roubado p o Julian Wilson na final. Então o Medina é franco favorito contra qquer um em Pipe e é pau a pau c KS e JJF. Se quebrar grande, Felipinho e ADS não daram conta do recado. O unico risco é a WSL empurrar o MF de forma descarada como fez no tricampeonato não merecido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *