De Olho no Tour #67 – Medina leva tudo na Europa! Quem será o Bi?

O episódio #67 do programa De Olho no Tour é sobre o excelente momento do surf brasileiro. Nesta quarta-feira Gabriel Medina fez sua terceira final no ano e conquistou sua segunda vitória, a quinta de um brasileiro nas dez etapas da elite no ano. Com os 10.000 pontos conquistados Medina encostou no líder do ranking, o havaiano John John Florence, e a disputa pelo caneco de melhor surfista do planeta ficou para o último evento, o Pipe Masters.

Os especialistas em surf Marcelo Andrade e Marcelo Bôscoli falam sobre a etapa portuguesa e sobre as chances de Medina e do havaiano John John Florence de se tornarem bicampeões mundiais. A luta pela reclassificação também é tema do episódio.

A apresentação é do jornalista Carlos Matias.

De Olho no Tour #66 – Portugal: briga pelo título mundial e pela reclassificação

Na sexta-feira 20 de outubro começa a penúltima etapa do CT 2017, e as lutas pelo título mundial e pela reclassificação para a elite no próximo ano colocam um tempero a mais nos tubos portugueses de Peniche, o palco do evento. Esses são os temas debatidos no episódio #66 do programa De Olho no Tour pelos especialistas em surf Marcelo Andrade e Marcelo Boscoli. A apresentação é do jornalista Carlos Matias.

Facebook: De Olho no Tour https://www.facebook.com/deolhonotour/

De Olho no Tour #65 – Medina é tri na França e JJ perto do título

No episódio #65 do programa De Olho no Tour os especialistas Marcelo Andrade e Marcelo Boscoli comentam a etapa francesa do CT 2017, que terminou com o terceiro título de Gabriel Medina na competição e com o havaiano John John Florence perto do caneco de melhor surfista do planeta. As performances na prova, a briga pelo título mundial e o julgamento são debatidos no episódio que tem a apresentação do jornalista Carlos Matias.
Assista: Facebook: De Olho no Tour https://www.facebook.com/deolhonotour/
Imagens Carlos Matias @carlosmatiasrj e WSL
Edição Carlos Matias

De Olho no Tour #64 – França + Piscina + Novo Formato da WSL

No episódio #64 do programa De Olho no Tour você confere a opinião dos especialistas em Surf Marcelo Andrade e Marcelo Boscoli sobre o que esperar da próxima etapa do tour, que começa no próximo sábado na França. O que a piscina de ondas de Kelly Slater pode alterar na história do esporte e o possível novo formato do Circuito da WSL também são debatidos no programa.

A apresentação é do jornalista Carlos Matias.

Facebook: De Olho no Tour https://www.facebook.com/deolhonotour/

Imagens Carlos Matias @carlosmatiasrj e WSL

Edição Carlos Matias

De Olho no Tour #63 – O Brasil está incomodando

O episódio 63 do programa De Olho no Tour fala sobre o bom momento do Brasil no circuito mundial. Apesar de não estar liderando o CT, o Brasil é o único país que já tem atletas classificados para a elite de 2018 pelo QS, Jessé Mendes e Yago Dora. Além disso temos três vitórias nas oito etapas já realizadas do CT 2017 e demos espetáculo na prova de Trestles, com Filipe Toledo e Silvana Lima garantindo o Brasil absoluto no alto do pódio. O julgamento na etapa californiana, a evolução das manobras, a briga pelo título mundial e outros assuntos são também temas do episódio.
Assista: Imagens Carlos Matias e WSL
Edição Carlos Matias

De Olho no Tour #62 – Como vencer em Trestles: surf inovador ou tradicional?

No episódio 62 do programa “De Olho no Tour”, que tem a apresentação do jornalista Carlos Matias, os especialistas Marcelo Andrade e Marcelo Boscoli falam sobre a etapa de Trestles do Circuito da World Surf League, o CT 2017, e o tema principal é: qual vai ser o surf vencedor na etapa: o inovador, de atletas como Filipe Toledo e Gabriel Medina, ou o tradicional de surfistas com Mick Fanning, campeão do evento em 2015, e Jordy Smith, bicampeão na Califórnia que tem um surf progressivo, mas que nessa onda opta por uma abordagem mais convencional?

Imagens: Carlos Matias e WSl.

Edição: Carlos Matias.

Música: Watch it Glow – Silent Partner

De Olho no Tour #61 – Medina: raça ou excesso?

A sétima etapa do CT 2017 terminou com a terceira vitória de Julian Wilson sobre Gabriel Medina em finais, mas ficou marcada pelas condições inconsistentes para o surf, com muitas disputas tendo poucas ondas boas.
Além disso, Gabriel Medina e Wiggolly Dantas lutaram muito pela primeira prioridade nas baterias, o que gerou muitas críticas. Medina se embolou com Kolohe Andino na semifinal e com Julian na final, e fez uma interferência em Matt Wilkinson na quarta fase.
Esses e outros assuntos da etapa são comentados pelos especialistas Marcelo Andrade e Marcelo Boscoli no programa que tem a apresentação do jornalista Carlos Matias.

Imagens:
Carlos Matias, WSL e Surfing World.

Edição:
Carlos Matias.

Música:
Watch It Glow – Silent Partner.

De Olho no Tour #60 – A interferência de Filipe e o CT do Tahiti

O programa De Olho no Tour chega ao episódio 60 e os especialistas em surf Marcelo Andrade e Marcelo Boscoli falam sobre a interferência de Filipe Toledo em cima do norte-americano Kanoa Igarashi no QS 10.000 de Huntington Beach, e também a respeito do que podemos esperar da sétima etapa do CT 2017, que começa nesta sexta-feira no Tahiti.

Imagems: WSL e Carlos Matias.
Edição: Carlos Matias.
Música: Watch It Glow – Silent Partner.

De Olho no Tour #59 – Filipe Toledo, o novo Rei de Jbay

O 59º episódio do programa “De Olho no Tour” tem como tema principal a vitória de Filipe Toledo nas ondas perfeitas de Jeffreys Bay, na África do Sul.

Confira o que os especialistas Marcelo Andrade e Marcelo Boscoli tem a dizer sobre as atuações do brasileiro e também sobre o julgamento, as regras que levaram algumas baterias a serem realizadas mais de uma vez, se a WSL deve seguir com a etapa em Jbay mesmo com os tubarões aparecendo no line up cada vez com mais frequência, quais brasileiros vão chegar no final do ano brigando pelo título mundial e muito mais.

Imagens
Carlos Matias e WSL

Edição
Carlos Matias

De Olho no Tour – Top 6 do Brasil no QS

Confira o episódio especial do programa “De Olho no Tour” sobre a atual situação dos brasileiros no QS, que após o Ballito Pro, primeira de nível 10.000 do ano, tem quatro brasileiros entre os dez primeiros do ranking.

O especialista Marcelo Boscoli fala sobre as próximas etapas e o que esperar desses quatro que hoje estariam classificados para o CT 2018, além de outros dois que estão próximos de entrar nessa lista.

Imagens: Carlos Matias, Ryan Logie, Zayne Botha, Vans e WSL.

Edição: Carlos Matias.